Image Map

25/05/16

Carta para o meu filho:



 Para o Danilo, 
Meu filho, hoje você completa seu primeiro ano de vida. A emoção que sinto é difícil de ser traduzida ou medida por palavras. É um misto de alegria, contentamento e superação por tudo que passamos bem lá no início. A primeira coisa que quero fazer é agradecer a Deus por sua vida, pelo presente que você é para nós, sua família e todos que estão à sua volta. Deus faz tudo perfeito e, embora a sua chegada tenha sido antes do que prevíamos, foi linda, da maneira como planejamos e, mais uma vez, Deus cuidou de tudo. Cuidou de você todos os dias que esteve naquela incubadora, tão pequeno e frágil, mas um verdadeiro guerreiro lutando pela vida. E como você lutou meu filho, lutou bravamente em cada momento que as coisas pareciam mais difíceis. Te pegar no colo era um alento, sentir a sua respiração e o seu calor era o que mais eu desejava ao longo dos dias.   


Naqueles primeiros 41 dias, nossas vidas se resumiram a ficar ao seu lado e a pedir a Deus que cuidasse de você, para que, o mais rápido possível, você estivesse em nossos braços no aconchego da nossa casa. E no dia 06 de janeiro de 2015, Deus nos abençoou com a sua alta, finalmente você saiu daquele hospital com a certeza de que aqueles dias tão conturbados tinham ficado para trás. 

Em casa, as coisas se tornaram mais leves, mas nem por isso mais fáceis, você mamava de 2 em 2 horas e o revezamento para colocar para arrotar era constante, papai, vovós, vovô e dindinha, todos ajudaram muito a mamãe a cuidar de você.
O tempo foi passando e as coisas se ajeitando da melhor forma possível, sua saúde estava melhor a cada dia, você foi crescendo e se tornando um bebê muito alegre e sorridente, que por sinal é a sua marca registrada.
Nesse primeiro ano conhecemos alguns profissionais, verdadeiros anjos enviados por Deus, para cuidar de você. Pessoas que, por meio da profissão, conseguiram nos ajudar a vencer os desafios que iam surgindo.


Foi uma alegria acompanhar seus marcos de crescimento, quando começou a virar, quando firmou o pescoço, quando começou a sentar com apoio e, depois, sem. Teve o início da introdução alimentar que, a princípio foi meio conturbada, mas depois você amou comer banana, mamão, manga e abacate. Quando começamos a papinha salgada, por uns dias você experimentou e não gostou, mas dias depois, você passou a comer tudo direitinho. Ao final dos 7 meses você já almoçava e jantava, uma alegria para a mamãe e o papai.

Tive o privilégio de cuidar de você integralmente até os 8 meses de vida, mas, infelizmente tive que voltar ao trabalho. Essa volta só não foi mais difícil porque eu sabia que você ficaria muito bem com o vovô Sebastião e a vovó Maria, além da Vovó Carolina, que sempre nos socorre quando precisamos. Lembro-me que a primeira semana da volta ao trabalho foi muito conturbada e, no final da semana, chegamos a trabalhar quase 24 horas direto. Eu fiquei 24 horas sem te ver, ah meu filho, como o meu coração ficou pequeno. Quando cheguei em casa e pude te abraçar eu chorei muito, chorei e você chorou também com saudades da mamãe e do papai. 


Hoje, 365 dias depois do seu nascimento, vejo a mão de Deus em nossas vidas de uma maneira sobrenatural. Olhando para trás, vejo quantas bênçãos Ele derramou e ainda tem derramado sobre você. Você é um bebê saudável, está crescendo e se desenvolvendo dentro do previsto para a sua idade. Você se alimenta bem, dorme muito bem, ama brincar e virou um grande dançarino ao som da Galinha Pintadinha. Antes de completar 1 ano, já fica em pé sozinho e levanta apoiando no que estiver por perto. É atento a tudo que está à sua volta e já sabe falar “alooo”. Aprendeu a dar tchau e sempre que se despede de alguém vai logo balançando a mãozinha, o que por vezes, arranca suspiros do tipo “ah que lindo, ele sabe dar tchau”!!!!

Meu filho é o meu bem mais precioso, amo aquele pedacinho de gente com todas as minhas forças. Ser mãe é um presente de Deus, uma dádiva. Criar um filho dá trabalho. Torná-lo um homem íntegro e de bom caráter dá mais trabalho ainda. Peço a Deus que me ajude nessa árdua e prazerosa tarefa. Que meu filho cresça feliz, muito feliz!!!!

_______________________________________________________________________

Escrevi este texto para ser lido no dia do aniversário de 1 ano do Danilo, contudo, achei que não daria conta, que a emoção ia ser grande demais!!! Para que ele não se perca decidi compartilhá-lo aqui, na minha casinha!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
A casa da Sheila © Todos os Direitos Reservados.
Layout por Travessura de Menina. Programação por Heart Ideas-Soluções Criativas.