Image Map

01/07/2014

Salas de jogos: Que tal montar uma?

Bom dia pessoal!!! 
O post de hoje traz um assunto bem legal, que certamente vai interessar muito o nosso público masculino e o feminino também, afinal, quem nunca passou a noite toda jogando e se divertindo com os amigos?


Em tempos de videogames custando 4 mil reais – com alguns malucos fazendo de tudo para comprá-los, mesmo sem poder – engana-se quem acha que as tradicionais salas de jogos ficaram fora de uso. Para desfrutar com a família e amigos queridos, elas se renovaram e incorporaram elementos dos jogos digitais ou online, no visual.
O poker, por exemplo, é um dos esportes que atraem a cada dia mais praticantes. Graças aos sites que ensinam como jogar poker, ele se popularizou e está acessível a todos. Uma mesa de feltro verde pode ser uma opção barata e divertida, no final de semana. Tentarei dar exemplos de salas de jogos e de pequenos detalhes que fazem toda a diferença, na decoração de um ambiente.

Mesas de diferentes estilos


Há uma infinidade de modelos de mesas de poker e sinuca, seja de madeira, de metal ou acrílico. Diferentes cores, a depender do estilo desejado. Nos exemplos acima, há até mesmo uma mesa branca, fugindo do tradicional verde e amadeirado, agregando o vermelho ao local, para que exista um belo contraste. Nem por isso a mesa tradicional, da primeira fotografia, perde seu valor. Muito bela da mesma maneira.


O visual em vermelho e preto pode fazer a cabeça dos flamenguistas, mas independente do time para o qual a pessoa torcer, é uma aposta inusitada e chique.


Também existem modelos mais sombrios, preto, branco e amadeirado. Pode deixar a sala meio triste. Se a pessoa optar por estas cores, deve abusar na iluminação do ambiente, ou utilizar uma sala com janelas amplas de vidro, para quebrar esta impressão.


Há quem aposte em ambientes abertos para disponibilizar mesas de jogos e afins. Deve-se tomar cuidado com a exposição ao sol e a chuva. Em casas de praia ou veraneio, esta pode ser a única diversão em um dia chuvoso. Se for impossível de se utilizar os jogos, não há por que se colocar fora da casa os elementos, a não ser que exista uma cobertura ampla e eficaz.


O estilo clean agrada muita gente, é possível implementá-lo aos poucos, para os que tiverem um orçamento mais apertado e num local menor. Basta um pouco de criatividade e paciência para achar os elementos que deseja.


Neste exemplo, combinou-se não apenas a sala de jogos tradicional – com a mesa de sinuca – como também um bar caseiro, simples e agradável. Tudo em madeira, muito bonito e sofisticado, apesar da simplicidade.

Esta sala é um pouco mais cara e difícil de ser produzida, ideal para quem tem filhos adolescentes. Combina o tênis de mesa com o pebolim (ou totó, a depender da região do país), além de acoplar a sala de vídeo ao ambiente. Boa para quem tiver família grande e ótima dica de aplicação da foto de atletas na parede. Podem ser utilizadas com as fotos do esporte de preferência da pessoa, no entanto fica melhor em ambientes grandes.


Esta sala é ideal para os fanáticos por futebol, é claro. Há uma imitação de arquibancada, feita em madeira, além do tapete que faz de conta que é um granado. O charme é a parede, com tijolinhos aparentes e a utilização de quadros com camisas de jogadores e times favoritos. Não acredito que haja alguém que goste de futebol e que não se apaixone por este belo ambiente!

Os detalhes que fazem toda a diferença


Com objetos especiais para os que curtem jogos eletrônicos, especialmente o saudoso Pacman, popular cartucho do Atari, videogame dos anos 80. Tanto na mesinha de centro, quanto nos pufes, ele marca sua presença. Há o tapetinho e a mesinha, em forma de joystick, com diversos modelos disponíveis, dos mais antigos ao do moderno PS4.
O Pacman resurge em outro detalhe: a estante junto à televisão. Ele emula a função do personagem, parece estar comendo a TV, mas tem a útil função de guardar jogos, blurays e DVDs, além de poder acolher os próprios aparelhos conectados ao televisor, sem que os fios estejam muito aparentes. Basta fazer um ajuste nas tomadas para que fiquem embutidas.


A luminária formada por bolas de bilhar também dá um tom especial ao ambiente. Com criatividade, é possível adornar as paredes com estilos de jogos diferenciados, sejam os naipes do baralho, o labirinto ou, novamente, outro jogo icônico do Atari: o Space Invaders. Se os donos da casa forem “esportistas da vida real”, é possível exibir troféus e medalhas, em um pequeno armário de vidro. Vale também, para relíquias de seus ídolos preferidos, camisetas ou bolas autografadas.

A cama decorada com peças de xadrez, o pôster de bolas de bilhar, a parede com cartas de diferentes naipes, a parede enfeitada com elementos do Super Mario Kart, uma parede com pedras de dominó estilizadas, o pufe em formato de bola. Muita criatividade acoplada ao um bom gosto inegável. Vale ousar e adequar o ambiente ao gosto das pessoas que irão utilizar o local. Só não vale ter preguiça de procurar!


Sala de jogos e sala de vídeo

Para finalizar, existe a opção da transformação da sala de video em uma sala de jogos estilizada. Nem todo mundo tem a disposição um quarto extra para transformá-lo em sala de jogos. È possível fazer uma combinação dos dois em um só, com bastante estilo. A sala abaixo, brinca com o jogo da velha, em uma sala de video muito bonita e original. Inspire-se nos exemplos demonstrados e deixe sua mente voar.


2 comentários:

  1. Adorei as inspirações!Muito legais!!!

    Beijinhos

    www.tititietrelele.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, conheci seu blog hj e já estou ficando por aqui... sou doida por um espaço desse... pensei na mesa de pebolim, já que vou ter que colocar na garagem... mto show!

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita e não esqueça de deixar seu comentário!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
A casa da Sheila © Todos os Direitos Reservados.
Layout por Travessura de Menina. Programação por Heart Ideas-Soluções Criativas.