Image Map

19/02/2019

Como escolher os itens na sua loja de colchões


Ter uma boa noite de sono é sempre fundamental para ter um dia produtivo, seja no trabalho ou em outras atividades cotidianas. Por isso, acertar na escolha de itens mais funcionais quando se entra na loja dos colchões é extremamente importante.



Com tantas opções existentes no mercado, é natural que as pessoas se sintam confusas quando entram em um estabelecimento que possui os melhores colchões e camas, não sabendo exatamente o que levar.

É nesses casos que a pessoa pode acabar acreditando nas recomendações gentis de um vendedor que quer apenas empurrar um produto mais caro, levando para casa um mero artigo de decoração que não atende às suas necessidades e transformando as boas noites de sonhos em pesadelos constantes com muito estresse.

Pensando nisso, reunimos neste texto alguns segredos que deixam a escolha dos móveis e a visita à loja de colchões ainda mais fácil.

Se atente às garantias de conforto

Ao escolher um item da loja dos colchões, a recomendação principal que o consumidor fique esperto com pontos como garantia de conforto descritas pelos vendedores.

Alguns colchões possuem garantia de fábrica para sete, dez ou até quinze anos, variando de acordo com o modelo escolhido. Porém, esse período pode se aplicar apenas a alguns itens, como molas, tecido ou espuma.

Para que você não caia em nenhuma armadilha, caso precise recorrer a essa garantia, leia atentamente a nota fiscal e os documentos das peças escolhidas.

Faça a avaliação correta na hora de comprar o conjunto

Não é raro que, ao atender o cliente, alguns vendedores deem a sugestão de adquirir um conjunto composto por uma cama box e um colchão colados. Mesmo sendo muito recomendado, esse tipo de aquisição não é muito indicado pois, caso seja necessário trocar o colchão, encontrar um item que encaixe bem no box pode ser mais complicado.

Experimente os modelos de colchão e de cama antes da compra

Durante a conversa que você tiver com o vendedor, nunca hesite em pedir para experimentar o item antes de fechar o negócio. Afinal, você terá que utilizá-lo por muitas noites, durante anos.



Para não errar, escolha um modelo de colchão que se adapte à curvatura natural da sua coluna e que mantenha você com um alinhamento perfeito ao se deitar, evitando qualquer tipo de lesão ou dor nas costas ao acordar.

Tome cuidado ainda com colchões muito duros, já que eles não permitem que seus ombros ou quadris fiquem certos com o resto do corpo, mantendo o alinhamento em uma posição pouco confortável, influenciando também a qualidade do seu sono.

Beleza não é tudo na decoração para quarto

Um comportamento bem comum com diversos varejistas é investir na apresentação, tornando o colchão que está sendo apresentado muito mais atraente para os olhos. Embora o visual seja importante, garantir um conforto maior e que não cause lesões é fundamental.

Por isso, antes da compra, é preciso avaliar alguns itens, como o acabamento das laterais do produto. Fique atento também se o colchão apresenta pontos dados à mão nessa parte, o que pode significar que a cama ficará com o formato intacto por muito mais tempo, desde que ninguém fique sentado nas laterais.

Quais são os principais tipos de colchão?

Tão importante quanto seguir as dicas anteriores para manter o quarto decorado da maneira correta e o mais funcional possível, é preciso também conhecer os tipos mais populares de colchões. Para isso, trouxemos uma lista com os produtos que podem ser encontrados em qualquer loja, assim como suas principais características.

Espuma de poliuretano

Confeccionado de espuma, sua densidade e altura podem variar de acordo com o biótipo da pessoa. Geralmente é mais barato que o modelo de molas e tem uma vida útil de cinco anos.

Mola do tipo Bonnel

Feitos com molas de aço entrelaçadas e cobertas por uma camada fina de espuma, esses modelos de colchão são indicados para solteiros, suportando até 150 quilos e durando cerca de 10 anos.

Molas ensacadas

Diferente do anterior, as molas de fio de aço e formato de barril são ensacadas individualmente, sendo acionadas uma a uma e mantendo estáveis os locais que não possuem pressão. Elas suportam até 150 quilos e têm uma vida de 10 anos, porém são mais caras que um colchão do tipo Bonnel.



Viscoelástico

Material que não deforma com o peso do corpo, o viscoelástico se molda completamente ao corpo de quem deita nele. E esse pode ser o grande problema, já que algumas pessoas podem ter dificuldades em se adaptar a eles, principalmente nas primeiras semanas.

Látex

Esse tipo de colchão é produzido em material sintético, derivado da borracha. Muito mais macio do que outros tipos, ele não esquenta e dura em média cinco anos.

Ortopédico

O colchão ortopédico é mais duro por conta de uma tábua de madeira existente entre as camadas de espuma. Isso faz com que ele tenha opiniões mistas sobre as suas qualidades. A vida útil, no entanto, todos concordam que é de 10 anos, em média.

Esperamos que, com essas dicas, você já consiga escolher o modelo de colchão certo para a sua necessidade. Afinal, você passará muito tempo com esse item. Por isso, selecioná-lo corretamente é essencial.

2 comentários:

  1. Preciso urgente de um colchão confortável, acordo morrendo de dor nas costas td dia :(

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita e não esqueça de deixar seu comentário!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
A casa da Sheila © Todos os Direitos Reservados.
Layout por Travessura de Menina. Programação por Heart Ideas-Soluções Criativas.